Juju e a árvore da amizade

Juju, a menina alegre e divertida que adora cores e brinca de associá-las a diferentes significados, agora tem um novo desafio: cuidar bem de seu jardim de amigos e deixar a vida mais colorida, compartilhando experiências e aprendizados por aí!Assim como há diferentes tipos de plantas, há diferentes tipos de amigos. Como então regar a amizade para colher lindos frutos duradouros? Juju e seus amigos dão dicas de como preservar a natureza e como plantar mudinhas no algodão, em garrafas pet e até na casca do ovo!

Chuva de manga

O Chade é um país que fica lá longe, no centro do continente africano. Seu povo vive uma realidade diferente e, ao mesmo tempo, próxima do nosso coração brasileiro. Há terras secas e alguns momentos de fertilidade, no solo árido — uma bênção da água que cai do céu. A leitura aproxima os povos. Por meio do dia a dia do menino Tomás, os leitores poderão imaginar o que é esperar pela chuva, fazer um carrinho de lata e apreciar os frutos da terra generosa, que nos oferece a alegria de saborear e cheirar uma manga dourada.

Ana, Guto e o Gato dançarino

Ana fazia sapatos: marrons, pretos ou simples boti­nas de trabalho. Ela não tinha coragem de mostrar tudo que sabia fazer. Ana podia pegar qualquer coisa e transformá-la em algo diferente, mas os habitantes de sua cidade só queriam saber do que era comum, prático e conhecido. Seus dias eram todos iguais, até que a visita de dois menestréis, vindos de longe, mudou sua vida. Guto e o Gato Dançarino precisavam de novos sapatos, mas não tinham como pagar por eles. Ofereceram em troca aulas de dança. Ana aceitou e ficou tão agradecida pelas aulas e por seus novos amigos, que achou pouco retribuir somente com simples botinas. Ana tomou coragem e fez tudo aquilo que sabia fazer, presenteou seus amigos e mudou a vida de todos.

A garrafa

À primeira vista, parecia uma garrafa vazia e nada mais. Mas foi só olhar de pertinho para ver quantas brincadeiras cabiam ali! Nesse livro de imagem, a garrafa de plástico deixada na pia da cozinha se transforma em objeto de observação pelos olhos de uma criança muito curiosa – como toda criança é. Carrinho, foguete, megafone, tromba de elefante e orelhas de coelho são algumas das possibilidades que se multiplicam quando, na lata de lixo reciclável, várias outras garrafas são encontradas. Das coisas nascem coisas? Se olhar de pertinho, com aquela curiosidade de criança, a resposta é sim!