Todo mundo é misturado

Pablo, o novo menino da classe de Júlia, é boliviano. Curiosa, ela logo quer saber mais sobre ele, mas seus colegas de classe não tem uma opinião tão favorável sobre o aluno novo que veio de longe. Uma série de mal-entendidos e palavras trocadas em português e espanhol armam um cenário nada amigável para Pablo. Será que Júlia conseguirá ajudar o novo amigo e fazer todos entenderem que, no fundo, somos todos “misturados”?

Poderia

“Você teria sido criado de outra maneira, talvez melhor, talvez pior. (…) Você poderia ler contos e poemas, ou não ter livros nem conhecer as letras”. Como seria sentir o que o outro sente? Como seria viver o que outro vive? Numa sequência de versos intensos e singelos, a obra nos transporta para mundos distantes e para outros muito próximos, nos faz pensar sobre nós mesmos e a nossa relação com o outro. A cada virada de página, as palavras ganham força, e as cores vivas das ilustrações irradiam empatia e afeto. Dos pequenos aos mais velhos, com extrema leveza, o livro sensibiliza e encanta.

Os imaginários

Os Imaginários, escrito pelo renomado autor britânico A. F. Harrold, poeta e mestre das palavras para crianças e jovens, é um livro que, desde a primeira página, cativa os leitores sobre essa história tão comum que é ter um amigo invisível. Apenas Amanda conseguia ver seu amigo imaginário, Rodger, até o sinistro sr. Tordo bater à sua porta. O sr. Tordo caça imaginários. Será que os dois amigos sobreviverão a essa aventura?

Os tesouros de Monifa

Como raríssimas vezes se viu na literatura infantil e juvenil brasileira, Os Tesouros de Monifa fala do encontro de uma brasileirinha afrodescendente com sua tataravó, Monifa, que chegou aqui de lá do outro lado do oceano, em um navio negreiro. Mesmo escrava, aprendeu a escrever e, por meio das letras que aprendeu, deixou “Para os meus filhos e os filhos dos meus filhos!” o maior de todos os tesouros que alguém pode herdar. Passado de geração em geração, chega o dia desse tesouro ir para as mãos da garotinha, que se encanta e emociona muito ao receber tamanha preciosidade e, com ela, descobrir a vida da sua tataravó e as suas próprias raízes.

O livro de Lívio

Lívio adora livros e sonha em ser personagem de um livro.Um dia, ele se depara com uma placa anunciando um teste para ocupar uma vaga dessa. Sua confiança fica abalada quando os jurados o acham “estranho” para o papel.Será que Lívio precisa ser igual aos personagens de que gosta para conquistar o que tanto deseja?

O crocodilo que não gostava de água

A autora catalã Gemma Merino combina texto e ilustrações criativas para contar a história de um pequeno crocodilo que, lutando contra as próprias dificuldades, termina descobrindo quem ele realmente é. Onde já se viu um crocodilo que gosta de subir em árvores e não gosta de água? Pois é, o crocodilo dessa história é assim. Ele até se esforça – pega uma boia vermelha bem bonita e vai brincar com suas irmãs e irmãos. Mas, ao entrar na água, nada feito. Ela é muito molhada, fria e… O nariz do pequeno crocodilo começa a coçar e a crescer e a coçar mais um pouco. O que será que vai acontecer? Será que ele vai dar um espirro? Ou será que…

Mustafá

Mustafá conta a história de um garoto que teve de sair de seu país com a família e aos poucos descobre seu novo lar. A Lua,as estações, as flores, os insetos e a música desse lugar ora lhe lembram a sua antiga terra, ora o encantam pelo que têm de diferente do que ele já conhece. Mesmo com esse mundo novo a descobrir, Mustafá sente-se invisível ali onde as pessoas falam uma língua que ele não entende. Mas, um dia, uma menina, com um gesto simples, irá mostrar a ele que a amizade, a gentileza e o afeto superam as fronteiras entre línguas e lugares.

Espelho, espelho seu

Três desconhecidos, fragmentos de um antigo espelho e um mistério centenário: quando cacos de um antigo espelho partido aparecem na cidade de São Vicente, no litoral paulista, acontecimentos estranhos passam a ocorrer com três habitantes da cidade. Divididos entre razão e loucura, magia e realidade e passado e presente, o aposentado Solero e os estudantes Adriano e Alexa precisarão montar um quebra–cabeça intrigante para chegar à verdade, antes que seja tarde demais.

Eu sou assim e vou te mostrar

De maneira lúdica e envolvente este livro, com divertido texto rimado, apresenta o corpo humano aos pequenos leitores. Ao estabelecer paralelos entre as partes do corpo e diversos animais, o livro ressalta tanto nossas semelhanças como nossas diferenças com as várias espécies de animais. Ao final, um espelho surpresa irá encantar os pequenos leitores, mostrando que cada um é especial à sua maneira.

Eu sou uma menina!

Determinada, esperta, cheia de atitude e energia, assim é a menina dessa história. E não é que muita gente a confunde com um menino?! Mas essa personagem nunca se dá por vencida: ela é uma menina! Anda de patinete, lê muitos livros, é uma ótima nadadora, adora música, gosta de uma bagunça, brinca de faz de conta com os amigos. Ela não para. E o livro segue o seu ritmo! Colorida, divertida e dinâmica, a obra prova que o mais importante é sermos o que somos e o que queremos ser!