Sertão das arábias

Revisitando contos das Mil e uma noites, o autor e ilustrador Fábio Sombra cria uma obra original e inusitada, na qual personagens tipicamente brasileiros revivem, à sua maneira e com muito humor, algumas das histórias narradas por Sherazade. Divirta-se com as sete viagens do vaqueiro Sibá Romão, encante-se com o menino Raimundim e sua lamparina velha e conheça um gari chamado Vavá, que, sem querer, descobre um tesouro imenso guardado por um bando de cangaceiros.

Todo mundo é misturado

Pablo, o novo menino da classe de Júlia, é boliviano. Curiosa, ela logo quer saber mais sobre ele, mas seus colegas de classe não tem uma opinião tão favorável sobre o aluno novo que veio de longe. Uma série de mal-entendidos e palavras trocadas em português e espanhol armam um cenário nada amigável para Pablo. Será que Júlia conseguirá ajudar o novo amigo e fazer todos entenderem que, no fundo, somos todos “misturados”?

Tudo tem princípio e fim

Neste livro delicado, a autora demonstra um olhar poético sobre o cotidiano, mesmo em suas atividades e fatos mais simples. De maneira singular, buscando sempre a beleza e o inusitado, até nos momentos mais despretensiosos, Marina Colasanti mostra que a poesia está nos olhos de quem vê e que tudo tem seu lado lírico. Somos convidados a renovar as percepções sobre os objetos e as situações que nos cercam e a enxergá-los com um novo encantamento. Assim, na brevidade de cada instante, a poesia se faz presente na vida de cada um.

Quem matou o saci?

A detetive Billy Conrado e o detetive Joaquim de Jeremias colhem pistas e não poupam esforços para solucionar o misterioso assassinato de um conhecidíssimo personagem do folclore brasileiro. Quem teria motivos para matar o Saci Perereira? Muitos personagens são suspeitos, mas quem seria o verdadeiro culpado? De forma bem-humorada e original, Alexandre de Castro Gomes cria uma história de detetive instigante ao mesmo tempo em que faz um surpreendente passeio pelo folclore brasileiro.

Ruim pra cachorro!

Após ter de deixar para trás a fazenda do avô e também o cachorro Sortudo, Mateus não está muito feliz com a nova vida em Vancouver, no Canadá. Em seu novo prédio há o aviso: “proibida a entrada de animais”. Então, o menino cria um cachorro imaginário, Fred. Agora, na companhia de Fred, eles devem encontrar uma solução para trazer Sortudo de volta.Ruim pra cachorro! toca em temas comuns aos jovens leitores, como solidão, a adaptação a grandes mudanças no estilo de vida e como fazer novos amigos. A obra trabalha ainda com recursos que as crianças utilizam para lidar com as dificuldades, como amigos imaginários.

Os Bandeira-Pirata e a caverna da perdição

Um tesouro com poderes mágicos enfeitiçou os Bandeira-Pirata, e Matilda é a única que pode ajudá-los a escapar. Alertada por Jim Júnior, ela encontra toda a família Bandeira-Pirata paralisada por um tesouro amaldiçoado em uma estranha caverna, mas antes que ela consiga libertá-los, seus amigos são raptados pelas misteriosas Bruxas do Mar. Será que Matilda irá conseguir resgatar a família Bandeira-Pirata a tempo?

Os Bandeira-Pirata e o flautista bucaneiro

O flautista de Hamelin, narrativa popular recontada pelos irmãos Grimm, ganha uma versão pirata! No quarto livro da série “Os bandeira-pirata”, Mar-Nublado é tomada por ratos. Depois da visita de um enigmático flautista bucaneiro, o problema parece resolvido. Mas, um problema muito maior deixa a cidade aflita: da noite para o dia, todas as crianças desaparecem! E Fofa, a gata de Matilda, parece ser a única a saber de seu paradeiro.Com humor, essa nova aventura pirata, ricamente ilustrada, prende a atenção do leitor da primeira à última página.

Os imaginários

Os Imaginários, escrito pelo renomado autor britânico A. F. Harrold, poeta e mestre das palavras para crianças e jovens, é um livro que, desde a primeira página, cativa os leitores sobre essa história tão comum que é ter um amigo invisível. Apenas Amanda conseguia ver seu amigo imaginário, Rodger, até o sinistro sr. Tordo bater à sua porta. O sr. Tordo caça imaginários. Será que os dois amigos sobreviverão a essa aventura?

O mistério do colecionador

Um grupo de amigos que adora desvendar enigmas acaba envolvido em um verdadeiro caso policial. Cíntia, Julinha e Heitor estavam prontos para se divertir desbravando a Mata Atlântica na excursão de sua escola ao Sítio Rio Azul. Tudo parece ir muito bem até eles descobrirem que um traficante de animais silvestres tem outros planos para a excursão. Nessa aventura surpreendente, o leitor não vai parar um segundo. Se quebrar os códigos criados pelo professor Pedro, espalhados pela trilha no meio da mata, já é um grande desafio, imagine ter de enfrentar um misterioso e cruel colecionador de animais e seus perigosos comparsas.

O clube dos caçadores de códigos: o mistério do tesouro do pirata

Cody, Quinn, Luke e M.E. são os Caçadores de Códigos. Eles têm verdadeira paixão por enigmas. Em um passeio da escola à Missão de Carmel, eles aprendem a história do único pirata conhecido da Califórnia e de seu tesouro perdido. Agora, os Caçadores de Códigos estão no rastro de uma nova conquista: ouro de pirata! Mas será que eles conseguirão desvendar os mapas misteriosos? E você, consegue decifrar o código? Desafie seu cérebro na companhia dos Caçadores de Códigos e descubra se possui as habilidades necessárias a um exímio detetive.

Ludi na floresta da Tijuca

Uma novidade inesperada anima a família Manso. Seu nome? Herculano, o novo namorado de Marga. Para conhecê-lo, Ludi, seus pais e irmãos embarcam no fusca de seu Marcos direto para… o século XIX! Como tudo na família dessa já conhecida marquesa – assim chamada numa deliciosa referência a Monteiro Lobato -, o que seria um simples piquenique na Floresta da Tijuca vira uma viagem no tempo que a põe às voltas com o reflorestamento do local. Ludi nos leva a atravessar a ponte que separa a floresta, tal como é hoje, da floresta da época do Império, devastada e em processo de recuperação.