Vai embora, grande monstro verde!

O que é que tem um nariz azul esverdeado, dentes brancos afiados e grandes olhos amarelos? É O Grande Monstro Verde! Mas, não fique assustado. Dê uma olhada neste livro cheio de recortes e veja ele se transformar diante dos seus olhos. Aí, quando estiver pronto para mostrar quem é que manda de verdade, simplesmente feche o livro e faça-o sumir.

Três ursos

Sem poder sair de casa por causa da pata quebrada, Urso Marrom esta muito preocupado. Seus amigos, Urso Negro e Urso Branco estão se divertindo sem ele – mas na verdade eles estão preparando uma linda surpresa para o Urso Marrom. Este livro conta uma encantadora historia sobre amizade e ciúmes!

Um porco vem morar aqui!

Quando um Porco se muda para o apartamento vago, os outros bichos ficam apavorados. “Porcos são sujos e bagunceiros”, dizem Gabriela Galinha, Clóvis Coelho e Doutor Raposo, e logo culpam seu novo vizinho por tudo que acontece de errado. Mas quando vão visitá-lo para reclamar, descobrem o quanto tinham se enganado!

Sertão das arábias

Revisitando contos das Mil e uma noites, o autor e ilustrador Fábio Sombra cria uma obra original e inusitada, na qual personagens tipicamente brasileiros revivem, à sua maneira e com muito humor, algumas das histórias narradas por Sherazade. Divirta-se com as sete viagens do vaqueiro Sibá Romão, encante-se com o menino Raimundim e sua lamparina velha e conheça um gari chamado Vavá, que, sem querer, descobre um tesouro imenso guardado por um bando de cangaceiros.

Tudo tem princípio e fim

Neste livro delicado, a autora demonstra um olhar poético sobre o cotidiano, mesmo em suas atividades e fatos mais simples. De maneira singular, buscando sempre a beleza e o inusitado, até nos momentos mais despretensiosos, Marina Colasanti mostra que a poesia está nos olhos de quem vê e que tudo tem seu lado lírico. Somos convidados a renovar as percepções sobre os objetos e as situações que nos cercam e a enxergá-los com um novo encantamento. Assim, na brevidade de cada instante, a poesia se faz presente na vida de cada um.

Qual é a cor do amor?

O elefantinho cinzento tinha uma dúvida: qual seria a cor do amor? Curioso, perguntou para o avô, para a zebra e para todos os outros animais que encontrava pelo caminho. O dia acabou e o elefantinho cinzento não resolveu a questão. Mas tinha alguém para quem ele ainda não havia perguntado.

Quem matou o saci?

A detetive Billy Conrado e o detetive Joaquim de Jeremias colhem pistas e não poupam esforços para solucionar o misterioso assassinato de um conhecidíssimo personagem do folclore brasileiro. Quem teria motivos para matar o Saci Perereira? Muitos personagens são suspeitos, mas quem seria o verdadeiro culpado? De forma bem-humorada e original, Alexandre de Castro Gomes cria uma história de detetive instigante ao mesmo tempo em que faz um surpreendente passeio pelo folclore brasileiro.

Orelha de limão

“Era uma vez uma pequena ovelha, igual a todas as outras. Só uma coisinha nela era diferente: uma de suas orelhas era amarelo-limão.” Mas quanta diferença! Por conta desse pequeno detalhe, uma orelha amarelo-limão, nada dava certo para a ovelha e ela sofria muito.

Pedro e Tina

Pedro fazia tudo torto; se quisesse desenhar uma linha, ela saía torta; os cordões de seus sapatos nunca estavam bem amarrados. Já Tina fazia tudo certinho. Um dia, eles se encontraram e Pedro ficou encantado com o jeito de Tina fazer tudo certinho, mas Tina bem que gostaria que tudo que fizesse não fosse tão perfeito.

Os imaginários

Os Imaginários, escrito pelo renomado autor britânico A. F. Harrold, poeta e mestre das palavras para crianças e jovens, é um livro que, desde a primeira página, cativa os leitores sobre essa história tão comum que é ter um amigo invisível. Apenas Amanda conseguia ver seu amigo imaginário, Rodger, até o sinistro sr. Tordo bater à sua porta. O sr. Tordo caça imaginários. Será que os dois amigos sobreviverão a essa aventura?