Meu pai é uma girafa

Meu pai é grande e alto, gentil e divertido… meu pai é uma girafa! Valendo-se da visão de uma criança, o premiado autor e ilustrador australiano Stephen Michael King cria este divertido e afetuoso livro, no qual as qualidades de um pai são vistas de forma inusitada por seu filho.

Filhotes de bolso

Seu Totó não é um homem como outro qualquer, a começar pelo seu nome: Totó!? E lá isso é nome de gente?! É sim, é o nome do Seu Totó, um verdadeiro apaixonado por cachorros, ou melhor, por cachorros daqueles bem pequenininhos. Ele é o dono de dois deles: Bife e Bufe. Não há lugar para onde vá que Seu Totó não leve Bife e Bufe. Para conseguir transportá-los, faça sol ou faça chuva, Seu Totó veste um casaco enorme, que tem dois bolsos enormes. Em cada bolso enorme, um dos cachorrinhos pequenininhos. É assim, com um filhote em cada enorme bolso do enorme casaco, que Seu Totó sai a caminhar para todo lado. Mas, um dia, um acidente inesperado: um furo no bolso direito acaba virando um buracão e, por ele, Bife cai no chão.

Filhotes de bolso saem de férias

Nessa nova aventura, os cachorrinhos Bife e Bufe, que adoram ser os filhotes de bolso do seu Totó, vão para a praia com ele. Depois de muita diversão, levam um tremendo susto: o querido e enorme casaco do seu Totó desaparece e, com ele, os bolsos onde “moram” os dois filhotes. Conseguirão Bife e Bufe voltar a ser Filhotes de bolso?

Eu te amo também

“… uma coisa eu sei: você me ama e eu te amo também!” Quatro animais amigos brincam na natureza, seja num dia ensolarado, numa tarde de ventania ou numa noite escura. Independente do clima, eles sabem que o realmente importa é a amizade e o amor que sentem um pelo outro!

Duda adora pular

Duda é uma garotinha serelepe, cheia de energia, que não para de pular. Ela pula o tempo todo, para todo lado, todo tipo de pulo. Duda pula, pula, pula… Pula até sentada, ou quando está com a babá. Pula com seus brinquedos e bichinhos de estimação. Pula em casa, na escola, no tanque de areia… Mas, é quando chega a noite, que Duda pula onde mais gosta de pular: na cama da mamãe e do papai.

Ana, Guto e o Gato dançarino

Ana fazia sapatos: marrons, pretos ou simples boti­nas de trabalho. Ela não tinha coragem de mostrar tudo que sabia fazer. Ana podia pegar qualquer coisa e transformá-la em algo diferente, mas os habitantes de sua cidade só queriam saber do que era comum, prático e conhecido. Seus dias eram todos iguais, até que a visita de dois menestréis, vindos de longe, mudou sua vida. Guto e o Gato Dançarino precisavam de novos sapatos, mas não tinham como pagar por eles. Ofereceram em troca aulas de dança. Ana aceitou e ficou tão agradecida pelas aulas e por seus novos amigos, que achou pouco retribuir somente com simples botinas. Ana tomou coragem e fez tudo aquilo que sabia fazer, presenteou seus amigos e mudou a vida de todos.

A árvore magnífica

Bia e Papai adoram os pássaros e gostariam de conviver mais com eles. Mas, para isso acontecer, vão ter de colocar em prática uma ideia muito especial…Bia e papai estão estourando de ideias. As ideias de papai são grandes e corajosas e as de Bia são simples e bem pensadas. Quando os dois decidem construir algo para atrair os pássaros, vão ter de juntar seus esforços para criar algo magnífico.