O homem que contava histórias

O Homem que Contava Histórias é uma coletânea de histórias da tradição oral que privilegia os chamados ‘contos de artimanha’, em que a esperteza vence, e as narrativas são de caráter filosófico. O livro reúne 20 contos que procuram resgatar as tradições de diversas etnias: judaica, indiana, chinesa, uigur, persa, japonesa, sufista, italiana, grega, russa e brasileira. Rosane ousa dizer que muito do pouco que sabemos dos homens está nos mitos, nas lendas e em outras narrativas fabulosas que nos legaram. Por outro lado, muito do que eles mesmos sabiam sobre si e sobre o mundo era ensinado por meio dessas narrativas contadas de geração a geração.

Novas histórias antigas

Amor, astúcia, cobiça, honestidade, medo. Esses sentimentos e qualidades tão humanos alimentam há séculos histórias populares de tradição oral. Oriundas de culturas tão distintas quanto a árabe, a russa, a francesa, as narrativas de “Novas histórias antigas” trazem todo o fascínio desse mundo encantado que acompanha a humanidade ao longo dos séculos. Partindo de acurada pesquisa e de uma curadoria afetiva, Rosane Pamplona reuniu 14 histórias, nas quais trabalhou a linguagem e fez certeiras adaptações das originais para apresentar narrativas divertidas, surpreendentes e reflexivas sobre as aventuras e desventuras de personagens que habitam e refletem o imaginário coletivo.