Chapéu

Em um passeio na companhia de sua mãe, Hugo encontra um chapéu sobre um banco. O chapéu é uma ferramenta para Hugo mergulhar na sua própria imaginação. Mas, enquanto Hugo viaja para diferentes lugares e situações, sua mãe o interrompe com a seguinte questão: “Mas, Hugo, e se alguém precisar desse chapéu?”.