O grúfalo – Livro de adesivos

Divirta-se com este famoso personagem em um livro cheio de atividades! Baseados no clássico O Grúfalo, esse divertido livro de atividades contém mais de 400 adesivos e irá proporcionar muitas horas de diversão para os pequenos leitores. Cada página recria cenas e momentos do livro original na forma de divertidas atividades com adesivos. Quebra-cabeças, labirintos, jogos dos erros, ilustrações para completar, caça-palavras e muitos outros passatempos fazem parte do livro e com certeza irá entreter e estimular a imaginação dos leitores.

O filho do Grúfalo

Apesar das advertências do pai, o filho do Grúfalo sai sozinho pela floresta durante uma noite fria e escura. Seu propósito é encontrar o grande e feio Rato Mau. Mas será que esse tal de Rato Mau, devorador de grúfalos, existe mesmo? Afinal, o que é fantasia e o que é real quando podemos utilizar nossa perspicácia para sobreviver?A inteligência, utilizada como método de sobrevivência por um ratinho indefeso, fez surgir O Grúfalo. Agora, O Filho do Grúfalo, a criatura inventada pelo pequeno roedor cria outra, num desdobramento criativo e surpreendente.

O filho do grúfalo – Livro de adesivos

Divirta-se com este famoso personagem em um livro cheio de atividades! Baseados no já clássico O Filho do Grúfalo, esse divertido livro de atividades contém mais de 400 adesivos e irá proporcionar muitas horas de diversão para os pequenos leitores. Cada página recria cenas e momentos do livro original na forma de divertidas atividades com adesivos. Quebra-cabeças, labirintos, jogos dos erros, ilustrações para completar, caça-palavras e muitos outros passatempos fazem parte do livro e com certeza irá entreter e estimular a imaginação dos leitores.

O gigante mais elegante da cidade

Em uma terra mágica habitada por seres miúdos e diversos, como pessoas, elfos e animais, há um gigante adorável e desalinhado chamado Jorge. Um dia, ele decide que é hora de repaginar o visual. Encontra uma nova loja no caminho e troca as roupas velhas e gastas por uma camisa, um par de calças, cinto, gravata, meias e sapatos pretos brilhantes. Tudo muito elegante. No entanto, quando se depara com uma série de animais que precisam de ajuda, ele imediatamente começa a distribuir suas roupas para ajudar. A gravata aquece o pescoço da girafa, a camisa se torna uma vela de barco, e um de seus sapatos novos, uma casa de rato. Mas… e o gigante elegante, como fica nessa história?

O grúfalo

Usando de astúcia e imaginação, um ratinho vai criando um monstro terrível e assustador, o Grúfalo, e diverte-se espantando seus predadores. Mas qual não é o seu espanto ao ver sua imaginação personificada à sua frente. O Grúfalo, de Julia Donaldson, é uma divertida fábula sobre os poderes da nossa imaginação. As bonitas ilustrações, de Axel Scheffler, complementam a graça do texto e convidam a acompanharmos o ratinho em seu passeio pela floresta.

O caracol e a baleia

“Peço carona para volta ao mundo”. Assim, grafando na rocha escura, o pequeno caracol destemido lança suas ideias para o mar. Sonhador e curioso, ele não se contenta em apenas contemplar a imensidão do mundo ali da terra firme, como seus pares. Em uma noite estrelada, uma jubarte dedica ao molusco uma canção sobre gelo cintilante, grutas de corais, estrelas cadentes e ondas fenomenais. Trata-se de um convite, ela diz: “Vem navegar comigo”. Os dois saem e experimentam grandes emoções: desde a grande beleza do universo aquático até o apelo importante para a conscientização ambiental. Para quem acha que a baleia tem mais a mostrar, já que é grande e domina aquelas águas, um reparo: ela precisa do caracol e de uma sociedade gentil para seguir mergulhando.

Macaco danado

Borboleta e macaquinho saem em busca da mamãe macaca. Ela tem uma cauda elegante, mas não é uma cobra; tem pernas compridas, mas não é uma aranha; vive saltando, mas não é sapo. Macaco Danado mostra que muitas vezes a descrição de parte de um todo pode nos remeter a outro todo, completamente diferente. Principalmente em se tratando de macacos, borboletas e seus respectivos filhotes: a maior dificuldade da borboleta está em entender que a mãe do macaco é parecida com ele, pois filhote de borboleta (a lagarta) não se parece com borboleta adulta.

Meu primeiro Grúfalo: Vamos contar?

Quem não conhece a história da assustadora criatura nascida da mente inventiva de um ratinho astuto? Ele tem tanta imaginação que, no fim, até mesmo os leitores mais atentos ficam na dúvida: afinal, o Grúfalo existe ou não?Sucesso mundial escrito pela britânica Julia Donaldson e ilustrado pelo alemão Axel Scheffler, a história do Grúfalo agora ganha uma série de quebra-cabeças. Interativa, ela traz dois livros de montar imagens a partir de perguntas disparadoras e divertidas que estimulam os pequenos leitores a contar ou encontrar algo na história.Em Meu primeiro Grúfalo – Vamos Contar?, a brincadeira é juntar as imagens de quebra-cabeça até chegar ao número 5, para criar as cenas com suas peças.

Meu primeiro Grúfalo: Vamos procurar?

Quem não conhece a história da assustadora criatura nascida da mente inventiva de um ratinho astuto? Ele tem tanta imaginação que, no fim, até mesmo os leitores mais atentos ficam na dúvida: afinal, o Grúfalo existe ou não?Sucesso mundial escrito pela britânica Julia Donaldson e ilustrado pelo alemão Axel Scheffler, a história do Grúfalo agora ganha uma série de quebra-cabeças. Interativa, ela traz dois livros de montar imagens a partir de perguntas disparadoras e divertidas que estimulam os pequenos leitores a contar ou encontrar algo na história.Em Meu primeiro Grúfalo – Vamos Procurar?, o leitor é convidado a encontrar elementos nas páginas resistentes e divertidas.

Carona na vassoura

A bruxa e seu gato estavam muito felizes voando na vassoura, até que… o vento leva primeiro o chapéu da bruxa, depois seu laço e, por fim, a varinha!Felizmente, cada uma dessas coisas é apanhada por um animal prestativo que se junta à bruxa agradecida e seu gato na viagem.Uma história muito engraçada sobre a bruxa e seus amigos, com rimas irresistíveis e ilustrações maravilhosas, é perfeita para ser lida em voz alta e apreciada pelas crianças.

Apertada e sem espaço

O que fazer quando a casa é pequena demais?O velho sábio recomenda: ponha para dentro todos os animais da fazenda. Quando você puser todos para fora, ficará surpreso em ver como a casa parecerá enorme na hora!Esta divertida história é o primeiro livro rimado escrito por Julia Donaldson e ilustrado por Axel Scheffler.