A princesa e as ervilhas

Lulu Flor de Maio faz tudo com perfeição, até criar uma confusão! Quando ela passou mal comendo ervilhas, o pai chamou o doutor, que diagnosticou um severo caso de “princesite” e recomendou que Lulu fosse morar no palácio. Mas será que uma vida livre de ervilhas no luxo do castelo é tão boa quanto parece?

A princesa e o gigante

Em uma vila muito alegre, com árvores magníficas e jardins coloridos, vivia uma princesa irreverente. Seu mordomo? Um ratinho! Sua ajudante? Uma gata. Seu pai? Cozinhava. E a mãe? Lenhas cortava. No quintal, um pé de feijão. E, no alto dele, o que havia? Hum, isso você já deve imaginar: um gigante resmungão! A princesa Sofia não conseguia dormir, e tudo porque o gigante mal-humorado ficava marchando para lá e para cá a noite inteira. Mas, ao ler seu livro preferido de contos de fadas, ela logo teve uma ideia genial.