São Paulo – A aldeia que virou metrópole

Quem anda pelas movimentadas ruas da cidade de São Paulo talvez não imagine, mas a capital do estado de mesmo nome já foi um campo com uma pequena aldeia e uma igreja montada em uma cabana onde hoje é o Pátio do Colégio. São Miguel Paulista é um dos bairros mais antigos da cidade. Por lá, viviam os povos tupiniquins, assim como no bairro que hoje conhecemos como Pinheiros. Moema e pipoca são nomes indígenas. Entreposto comercial no século XVIII – ligava o interior do Brasil ao porto de Santos –, a cidade cresceu com o café, depois com a industrialização e acabou se tornando um importante polo cultural. Como tudo isso acontece? É o que nos conta este livro da premiada Silvana Salerno, com ilustrações de Bruna Assis Brasil, uma obra que parte da ficção para nos revelar a História.